Meu coração vai explodir

IMG_1411

Sexta-feira, vinte para meio-dia, eu fui buscar Manel no trabalho. Tínhamos exatamente uma hora e meia para ir em Olinda e voltar pra Boa Viagem. Manel já tinha pesquisado o caminho com menos trânsito, porque cortar a cidade no meio do dia com hora marcada é uma missão. E a nossa missão era buscar o nosso pedacinho de amor.

Chegamos em menos de 40 minutos e eu desci correndo do carro, esqueci até de levar a câmera que preparei para registrar esse momento. Ficou registrado, na minha memória. Aquela bolinha de pêlo, tava tão cheirosinha e o rabo não parava de balançar quando ela veio pros meus braços. Não sei quem estava mais feliz, se era eu ou ela. Era eu!

Fazem 2 dias que nossa família ganhou mais uma integrante e foram dois dias de não querer fazer outra coisa que não ficar com ela. A gente acorda e vai dormir com mordidas nos dedos, nas orelhas, nos cabelos, com ela nos chamando para brincar na hora de dormir e dormindo resto do dia enquanto caímos de sono pela casa.

Hoje não era nem 5:30 da manhã quando escutei um latido fino na beira da cama, pedindo para subir e nos encher de amor. De sexta-feira para cá, a cada minuto, eu sinto que meu coração vai explodir. E talvez, você ai, nem entenda ou até ache bizarro, mas nem sei a quanto tempo espero viver esses dias. E eles chegaram, ela chegou.

Seja bem-vinda, Matilda!

IMG_1321IMG_1324IMG_1327IMG_1328IMG_1338IMG_1352IMG_1371IMG_1373IMG_1375IMG_1377IMG_1389

Louvre ou Pompidou?

Postei esse vídeo semana passada, mas sério, a vida real não tá brincadeira! Não tive tempo nem de postar aqui e nem de mostrar ao mundo nosso último dia em Paris. Maaaas, está aí! Assiste, curte e compartilha. Obrigada, de nada ;)

Ela

Eu nunca pensei que me encantaria por essa cidade. Eu tinha certeza que dos destinos escolhidos, esse era o que eu não voltaria. Mas, Paris tem algo de mágico, tem algo de alma, como se você já conhecesse todas as esquinas sem nunca ter passado por elas. Como se todos os lugares já fosse familiar e ainda assim, surpreendente.

Paris é uma poesia viva, a gente caminha suspirando, sonhando. Paris é filme, é melodia. A gente caminha cantando, dançando, sendo artista, ainda que não seja. Paris é linda na chuva, mas principalmente nos dias de sol. Paris é brisa gelada, é sol quente. Paris é Notre-Dame, é Jardins de Luxemburgo, de Tuileries, do Trocadero. Paris é Torre Eiffel.

Eu nunca pensei que me emocionaria diante dela. Não sou uma pessoa urbana. As coisas do mundo que mais me emocionam são naturais, são obras que o homem nunca conseguirá construir. Mas, Paris tem algo de sobre-humano, tem algo de Deus, como se ele tivesse botado o dedinho lá e dito: “Faz Humano, eu estou aqui de mestre de obra.”

Que cidade, que cidade! ♡

IMG_1242IMG_1244IMG_1245IMG_1211

IMG_1207

Um recado para Mallu

 

Eu sei que o tempo anda difícil e a vida tropeçando, mas se a gente vai juntinho, vai bem!”

Mallu,

Obrigada por essa letra. Não só essa, mas tantas outras. O seu cd inteiro e a cada faixa um pedaço de nós!

Obrigada por embalar nosso namoro, ser trilha sonora do meu casamento e de tantos momentos especiais da nossa vida.

Ai você achou pouco e se juntou com Marcelo. E ainda achou pouco e resolveram formar uma banda e chama-la do Mar… o lugar que mais nos traz paz!

Não precisa fazer mais nada, apenas continuem existindo, porque do lado de cá, estamos admirando, babando, admirando de novo e babando mais ainda… Porque fazer a vida virar canção é um talento para poucos. E vocês são bons nisso!

 ♡