Reflexões de muito calor em Roma…

Eu sou uma pessoa que não sabe lidar com extremos de temperatura. Muito frio ou muito calor me fazem ficar de mal humor. Se eu fechar o olho e pensar nas vezes que passei por momentos de extremos, lembro claramente de duas viagem: Rio de Janeiro em Janeiro de 2015 e Roma em Julho de 2017.

Esses foram, sem dúvidas, os momentos que mais senti calor na minha vida inteira. Lembro que era a minha primeira vez no Rio (a cidade que mais tinha vontade de conhecer no Brasil) e simplesmente odiei por conta do calor que não me deixou querer conhecer nenhum lugar que não tivesse um ventilador ou um ar-condicionado por perto. Mas tive a chance de voltar no Rio, um ano depois, em uma outra época e fiz as pazes com aquela cidade maravilhosa.

Roma foi minha segunda experiência de calor extremo e talvez eu não tenha oportunidade de dar uma nova chance a ela, como dei ao Rio.

Chegamos em Roma, no final de tarde e ao sair da estação de Termini, já senti o bafo quente subir do chão. Ao chegar no hotel que havíamos reservado: overbooking. O hotel nos transferiu para outro que: o ar-condicionado não pegava! Bom, veja que Roma não tava querendo ser minha amiga, mas tentamos manter o bom humor, pelo menos nessas primeiras horas em terras italianas.

Nosso primeiro dia de verdade lá foi no Vaticano, lugar que você precisa estar coberto para entrar, ou seja: mais calor! Sério, quando deu meio-dia desse dia, minha vontade era só de pegar um vôo e ir direto pro Alasca me refrescar. Daí pra frente, conhecemos outras coisas, todas as pizzas e fontanas e estátuas famosas e ruínas, só que de bastante mal-humor. Manel tentou fazer piada, ajustar o roteiro, mas não teve jeito. Eu odiei Roma do início ao fim e meu estado de espírito não conseguia achar a beleza que todo mundo falava de Roma.

Quando voltei para Recife e comecei a editar os vídeos da viagem e ver as fotos, cheguei a uma conclusão: Roma não é tão ruim assim! Até arrisco dizer que senti mini arrependimento de ter deixado o mal-humor tomar conta de mim. Talvez, eu nunca aprenda a lidar com esses extremos de temperatura, mas prometo a você, Manel, que na próxima viagem ao calor tentarei lidar melhor com isso. ;)

C0004T01C0009T01C0019T01C0029T01C0033T01C0036T01C0061T01C0073T01C0077T01C0124T01C0129T01C0149T01C0152T01

Assista nosso último vídeo de Roma:

 

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s