Matilda fez 3 meses

IMG_1471IMG_1476IMG_1480IMG_1484IMG_1485IMG_1487IMG_1488IMG_1490

Matilda fez três meses, desses dois foram grudadinhos com a gente. Fiz um projeto de tirar fotos diárias dela para acompanhar o quanto ela tem crescido, mas confesso que tenho mais furado do que realmente conseguido cumprir essa meta. Apesar que, com ou sem foto, é notório perceber o quanto ela já cresceu e todo dia eu acho que ela acorda maior.

Três meses e Matilda já sabe o que é certo e errado, mas ainda não faz xixi só no lugar cedo, mija no lugar errado e corre porque sabe que vai levar uma pisa. Três meses e Matilda continua roendo todas as caixas que vê pela frente, adora morder cadarços, entra no closet escondido para morder nossos sapatos e hoje fez cocô no roda pé da janela. Eu aguento?

Matilda fez três meses e já fez um estrago no cartão de crédito, já levou um monte de vacinas e só falta mais uma para ela poder ver outras coisas além das paredes brancas aqui de casa. Não vemos a hora de comprar uma coleirinha para ela e poder passear na rua, no parque e todos os estabelecimentos petfriendly de Recife. hahahahahaha :)

 

Anúncios

Domingo de amor

Eu sou apaixonada pelo dia 10. E o desse mês veio cheio de amor.

O dia acordou ensolarado, depois de um sábado de chuva, aquilo só podia ser a vida nos presenteando. Demoramos para levantar, nada diferente de todos os outros dias. Mas o domingo é aquele dia que a vida não tem pressa. No domingo, a vida passa em slow motion.

Naquela manhã de sol, eu te paquerei enquanto você olhava o celular. Você nem notou e eu nem me importei. Não queria reciprocidade naquela hora, queria apenas ver a vida passando bem ali na minha frente, enquanto mentalmente agradecia por estar vivendo tudo aquilo.

Você deitou com a cabeça na minha barriga e falou que ouviu um roncado, foi sua forma de dizer que estava com fome. Previsível também, pois já era quase 10h. Levantei para preparar nosso café: O café de domingo! Aquele que a gente põe a mesa, que come frutas, pão, bolo, tapioca, suco, café… Nosso banquete. O que esperamos a semana toda para fazer porque domingo é o dia que a vida não tem pressa.

O relógio marcava quase meio dia, mas para gente é como se ainda fosse oito horas da manhã. A conversa é diferente, o humor é diferente. Domingo é o dia que a vida nos mostra que não precisa ter pressa. E a vida passa bem devagarinho. É o dia que a vida dar aquele abraço cheio de amor, que nos aquece todinho, nos prepara para pressa, para a correria, para os cafés rápidos e sem capricho, pro despertador e para esperar o próximo suspiro.

Eu sou apaixonada pelos domingos. Você me fez amar os domingos. Cachorro veio reafirmar essa paixão. E quando domingo cai no dia 10, só pode ser um domingo de amor.

DSC00211DSC00216DSC00217DSC00218DSC00222DSC00224DSC00226DSC00228DSC00229DSC00235DSC00238DSC00242DSC00245DSC00248DSC00250DSC00251DSC00253DSC00258DSC00270DSC00275DSC00282DSC00289DSC00300DSC00303

 

Meu coração vai explodir

IMG_1411

Sexta-feira, vinte para meio-dia, eu fui buscar Manel no trabalho. Tínhamos exatamente uma hora e meia para ir em Olinda e voltar pra Boa Viagem. Manel já tinha pesquisado o caminho com menos trânsito, porque cortar a cidade no meio do dia com hora marcada é uma missão. E a nossa missão era buscar o nosso pedacinho de amor.

Chegamos em menos de 40 minutos e eu desci correndo do carro, esqueci até de levar a câmera que preparei para registrar esse momento. Ficou registrado, na minha memória. Aquela bolinha de pêlo, tava tão cheirosinha e o rabo não parava de balançar quando ela veio pros meus braços. Não sei quem estava mais feliz, se era eu ou ela. Era eu!

Fazem 2 dias que nossa família ganhou mais uma integrante e foram dois dias de não querer fazer outra coisa que não ficar com ela. A gente acorda e vai dormir com mordidas nos dedos, nas orelhas, nos cabelos, com ela nos chamando para brincar na hora de dormir e dormindo resto do dia enquanto caímos de sono pela casa.

Hoje não era nem 5:30 da manhã quando escutei um latido fino na beira da cama, pedindo para subir e nos encher de amor. De sexta-feira para cá, a cada minuto, eu sinto que meu coração vai explodir. E talvez, você ai, nem entenda ou até ache bizarro, mas nem sei a quanto tempo espero viver esses dias. E eles chegaram, ela chegou.

Seja bem-vinda, Matilda!

IMG_1321IMG_1324IMG_1327IMG_1328IMG_1338IMG_1352IMG_1371IMG_1373IMG_1375IMG_1377IMG_1389