Casar é uma delícia

Peixe cru, digo, cozido no limão siciliano. Vinho branco, de preferencia Torrontés. Uma câmera, pouca luz. Muitas risadas e conversas. Alt J no Spotify ou, talvez, Glass Animal. Somos bem previsíveis, fazemos sempre as mesmas receitas, escutamos sempre as mesmas músicas (e no repeat) e ainda sim, cada dia é inédito e me faz ter certeza: Casar é uma delícia!

Casar é uma delícia e quem disser que não, aqui vai meu conselho: Volte pro começo e tente outra vez. Você provavelmente não está fazendo da forma certa. Não existe uma receita, uma fórmula mágica. Até existe, Amor + Resiliência.  Tendo o primeiro, você aprende o segundo.

Casar é uma delícia, mas às vezes tem um gosto amargo do limão. Às vezes o peixe não cozinha tudo que precisa, passa do ponto e tá borrachudo. Mas no outro dia, a receita sai melhor. No começo vai sair tudo errado mesmo! Mas você se aprimora, você aprende a cada dia algo novo e o que parece estar perfeito, cada vez fica melhor.

Casar é SIM uma delícia, mas o sabor dessa receita quem escolhe é você. Todo dia!

Escolha ser feliz. ♡

Home

IMG_9374IMG_9378IMG_9375IMG_9399IMG_9402IMG_9369-sideIMG_9382

Faz um ano e seis meses que me sinto em casa. Em todos os cantos sinto o seu cheiro, aquele mesmo de quando você acorda e me dá um abraço de bom dia. Eu poderia passar o dia inteiro ali abraçada com você. É como se naquele instante fossemos um só, como se por ‘alguns instantes’ me sentisse, de fato, completa. Você é a outra metade, o meu lar. E em qualquer lugar que você esteja, estou em casa.

Vejo você por todos os lados. O barulho dos carros já não incomoda mais. O sofá tem seu jeito, a cozinha é a sua cara. Seu sorriso é luz que entra pela janela da sala e ilumina a casa, aquece a alma. Me acalma. Você é a parte mais bonita. E em qualquer lugar que eu esteja, quero estar em casa.